sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Salada de Soja

  • 2 xícaras (chá) de grãos de soja crua
  • 2 tomates grandes picados
  • 1 cebola média picadinha
  • 1 pimentão verde picado
  • 2 cenouras médias raladas (ralo grosso)
  • 2 colheres (sopa) de salsa
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha
  • Sal
  • Azeite de oliva ou óleo a gosto
  • 3 colheres (sopa) de vinagre 


Modo de preparo
  • Ferva 1 litro de água, junte a soja e mantenha por 5 minutos.
  • Retire.
  • Deixe descansar por 15 minutos.
  • Escorra.
  • Adicione água fria.
  • Esfregue os grãos com as mãos para retirar a pele.
  • Escorra novamente.
  • Jogue fora a pele retirada.
  • Cozinhe a soja por 40 minutos ou até ficar al dente em 2 litros de água.
  • Escorra.
  • Transfira a soja para uma travessa.
  • Após esfriar, acrescente o tomate, a cebola, cenoura, pimentões.
  • Polvilhe a salsa e a cebolinha.
  • Tempere.
  • Sirva gelada. 





Conheça a Soja:

A soja é um grão rico em proteínas cujo cultivo começou na Ásia há mais de cinco mil anos. A planta passou a ser explorada comercialmente no Ocidente apenas na segunda década do século vinte nos Estados Unidos. 
No Brasil, o cultivo do grão passou a ser estimulado em meados dos anos 1950 por ser a melhor alternativa de verão para suceder o trigo, cultivado no inverno. Atualmente, o país produz cerca de 75 milhões de toneladas de soja. A soja proporciona diversos benefícios para a saúde. O grão auxilia na redução dos níveis do colesterol ruim, o LDL, e ajuda a elevar os níveis de HDL, o colesterol bom. O alimento também possui isoflavonas, substâncias que ajudam a atenuar os efeitos da menopausa e evitar a perda de massa óssea. 

A soja possui diversas variações, a mais famosa e cultivada é a amarela. Há outras duas versões que também são conhecidas e proporcionam benefícios para a saúde. São elas: edamame e soja preta.
A soja preta não só possui os mesmo benefícios da versão amarela como também conta com outros pontos positivos. O grão ajuda a emagrecer de acordo com um estudo da Universidade Católica da Coréia do Sul isto porque as antocianinas, fitoquímicos que proporcionam o pigmento escuro à soja preta, são capazes de agir nas células que armazenam gorduras em nosso corpo e favorecer a perda de peso. Este grão ainda possui cinco a sete vezes mais antioxidantes, chamados fitoesterois, do que a amarela. O pigmento preto que reveste esta soja forma uma espécie de casca em torno do grão o que ajuda a conservar melhor os seus nutrientes. 
A soja é rica em proteínas, nutriente que auxilia no crescimento de crianças, na formação e manutenção dos órgãos e na cicatrização. Assim, ela pode ser um bom substituto para a carne. Ela também é rica em fibras, por isso o seu consumo ajuda a melhorar o trânsito intestinal.

  • 73% das proteínas
  • 36% das gorduras
  • 13% das gorduras saturadas
  • 72% de vitamina K
  • 28% de cálcio
  • 112% de ferro
  • 101% de fósforo
  • 106% de magnésio
  • 70% de zinco
  • 37% das fibras.