Fuja dos Vilões da Alimentação

Conheça alguns alimentos e aditivos que devem ser consumidos com bastante cautela.

Açúcar branco:
Seu consumo excessivo está associado ao desenvolvimento de distúrbios gastrointestinais, diabetes e obesidade, não basta evitá-lo apenas no cafezinho, açúcar também está escondido em muitos produtos industrializados, desde os mais óbvios, como balas, chocolates, refrigerante, sorvetes até os aparentemente inocentes, como pães, isotônicos e barrinhas de cereais.

Sal refinado:
Em excesso, o sal afeta os rins, podendo provocar retenção de líquido e também hipertenção, além de ser usado no preparo de alimentos, o sal também pode ser encontrado em abumdância em poucos industrializados, por exemplo, pratos congelados, sopas prontas e embutidos.

Gorduras Saturadas:
Está presente em alimentos como carne vermelha, leite integral, manteiga, bem como inúmeros produtos industrializados, o consumo em excesso desse tipo de gordura pode elevar o risco de doenças cardiovasculares, acidentes vasculares cerebrais e câncer.

Farinha branca:
Pobre em nutrientes e com alto índice glicêmico, a farinha branca tem ação semelhante ao açúcar no organismo, estando também associada a doenças como diabetes e obesidade.

Estabilizantes:
São usados para manter a aparência e as condições físicas do alimento, é um aditivo que está presente em muitos produtos industrializados.

Aromatizantes:
São usados para realçar o cheiro dos alimentos, a indústria divide os aromatizantes em "idênticos aos naturais" e "artificiais" os dois são fabricados em laboratório, a diferença é que o primeiro estuda a estrutura química do sabor natural e a reproduz nos tubos de ensaio, no caso do segundo, a estrutura química criada não existe na natureza.


Flavorizantes:
Esse aditivo é encontrado nos caldos em tabletes ou em pó ( caldo de carne, legumes, galinha), nos molhos de soja, nos temperos prontos, nos salgadinhos de pacote, molhos e condimentos prontos, sopas enlatadas,  entre outras dezenas de produtos, segundo alguns estudos, está associado ao ganho de peso, a dificuldade de aprendizagem e ao maior risco de desenvolvimento do mal de Parkinson.

Conservantes:
São usados para aumentar o prazo de validade do alimento, alguns estão associados a alergias e até ao câncer.

Corantes:
São usados para realçar ou dar cor aos alimentos, estão muito associados a alergias, problemas respiratórios e hiperatividade.






Postagens mais visitadas